100 palavras

Não há pachorra!

Por em 2 Jun 2010
Têm sido difíceis os últimos dias. E não é só a vida que anda difícil, são mesmo os dias.  Todos. Deixam pouco espaço para reflectir; para viver.  Enfim, não há mesmo pachorra.
Não há pachorra para festivais da canção e globos de ouro.
Não há pachorra para tanta polémica em torno do hino da selecção. Não há mesmo.
Mas também não há pachorra para os Black Eyed Peas.
Não há pachorra para tops de vendas paridos sabe-se lá como.
Não há pachorra para playlists e para quem as paga.
Não há pachorra para esta cultura oficial de entretenimento; uma cultura que beneficia repetidamente os mesmos.
Não há pachorra para ver o clã Carreira na RTP.
Já não há pachorra para discussões hipócritas sobre a pirataria na Internet.
Não há pachorra para a conversa de alguns senadores da música portuguesa.
Não há pachorra para futebóis e má política. Para isto é que não há mesmo.
Não há.

imagem da seleção portuguesa

TAGS
RELATED POSTS
5 Comentrios
  1. Torré

    8 Jul 2010

    Podes crer, são sempre os mesmos, se eu viesse de outro país e não conhecesse nada da nossa realidade e me guiasse apenas pelos jornais, rádio e tv’s, ia achar que seca mais monolítca de país!!!! E que tal um pouco de diversidade???

  2. carlitos

    1 Jul 2010

    Senadores da música portuguesa->Senadores
    outros=mesmos
    Clã Carreira = MODELO
    Black Eye Peas = BES
    Tabela de Vendas = Ouro (10.000 unidades) e vamos lá a ver, Rosinha, Zé do Pipo, QB

  3. Sérgio Ramos

    5 Jun 2010

    Tão verdade que dói…

  4. Jorge Resende

    4 Jun 2010

    assino por baixo rui… é uma lavagem cerebral… já não há pachorra mesmo!

  5. Paulo Silva

    3 Jun 2010

    Não há mesmo! ;)

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.