audições

AUDIÇÕES|Jacinta e Nuno Ferreira Quinteto

Por em 21 Mar 2006

O Jazz não é para este escriba um daqueles objectos sem segredos, longe disso, a cada audição repete-se aquela mesma sensação de descoberta. Apenas e somente descoberta. Ouve-se, deixa-se fluir o som pela sala enquanto se pensa numas palavras, enquanto nos deixamos embalar por um certo prazer que emerge a cada canto. Seguem-se algumas linhas sobre dois discos aos quais tenho dispensado algum tempo de prodigiosa audição: O novíssimo “Day Dream” de Jacinta e o igualmente recente, datado do final de 2005, “À Espera do Verão” de Nuno Ferreira Quinteto.

“Day Dream” – Jacinta
Não é fácil explicar uma sensação assim; apenas porque é um veículo de prazer infinito. Um prazer marcado pela voz cheia de Jacinta, versátil, encorpada, marca de uma personalidade forte, única.
Em português – luso ou de sotaque brasileiro – ou em inglês, “Day Dream” desvenda-nos uma Jacinta mais livre e solta do que nunca. Após o aclamado álbum de estreia de 2003, “A Tribute To Bessie Smith”, Jacinta regressa com um novo álbum, um disco apenas…excepcional. Gravado em Nova Iorque com músicos americanos entre os quais o consagrado saxofonista Greg Osby – também responsável pela produção – “Day Dream” é um disco doce, também diferente e despojado de preconceitos; um doce preparado principalmente com reportório de Duke Ellington – sobre o qual Tiago Torres da Silva criou cinco letras em português – mas também de Thelonious Monk, Cole Porter e de alguns dos melhores compositores da lusofonia: José Afonso, Tom Jobim e Djavan terminam o ramalhete. E que bem que resulta a arriscada versão da “Canção de Embalar”; um pequeno encanto.
Com selo Blue Note Records.

Ouvir algumas amostras de “Day Dream”.


“Day Dream” – Jacinta (2006/Blue Note Records)

> Alinhamento: 1.Enfim (Day Dream); 2.Decide Lá (I’m Beginning To See The Light); 3. My Heart Belongs To Daddy; 4. I’m all Smiles; 5. In A Sentimental Mood; 6.Alma Confusa (Azure); 7. Jogral; 8.Canção de Embalar; 9.Luiza; 10.How I Wish; 11.Day Dream (Voz e Piano); Bonus Tracks: I’m beginning to see the Light; Eternamente Assim (In A Sentimental Mood); Azure (*1); Day Dream (*1)

(*1) Temas disponíveis na edição limitada exclusiva das lojas FNAC

Jazz
www.jacintaportugal.com

“À Espera do Verão” – Nuno Ferreira Quinteto
Deixemos o encanto da voz de Jacinta e centremo-nos apenas no encanto do quinteto instrumental liderado por Nuno Ferreira; músico barreirense nascido em 1975.
Já com alguma experiência nacional e internacional, Nuno Ferreira viu esta obra ser-lhe encomendada para o 14.º Festival de Jazz do Porto – 2004. Deste pedido nasceu o disco “À Espera do Verão”, novo e interessante exercício do jazz nacional, ainda que, neste caso, internacionalmente bem acompanhado. Neste trabalho, o quinteto do guitarrista Nuno Ferreira é composto por John Ellis (saxofone tenor), Jesse Chandler (piano, orgão Hammond, teclados), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Bill Campbell (bateria).
O disco é um passeio rápido por diversos e ritmados ambientes, mais ou menos clássicos; desde um introdutório “Aquário”, de saxofone em riste, a uma forte presença da guitarra em “25 de Abril”, passando pelo classicismo de Tristology”, desaguando na calma experiência de “Espelho” sem saltar a modernidade de “Dias Cinzentos” e a solaenga “Another Windy Summer”, “Horizonte” é como que o perfeito ponto final.
Um disco a ser descoberto…por todos!

Ouvir um pequeníssimo extracto de “Dias Cinzentos”.


“À Espera do Verão” – Nuno Ferreira Quinteto (2005/Tone of a Pitch)

> Alinhamento: 1. Aquário; 2. 25 de Abril; 3. Tristology; 4. Espelho; 5. Dias Cinzentos; 6 – Another Windy Summer; 7 Horizonte.

Jazz
tone.toapmusic.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.