contra-mão

CONTRA-MÃO|Sérgio & Godinho

Por em 23 Fev 2008

Ai, que me ia enganando!
Os visitantes mais antigos deste espaço, sabem como gosto de brincar – força de expressão – com certas políticas de preços. Muitas vezes são normais – admita-se, sendo edições diferentes, espaçadas no tempo, certamente terão sido alvo de contratualizações diferentes – ou talvez não. Uma coisa é certa, aqui, uma pequena distracção pode valer qualquer coisa como 10,55€.
Bem, mas em resumo, porque hei-de gastar os pornográficos 20,50€ pela edição de 2006 de “Ligação Directa”, de Sérgio Godinho, se posso gastar apenas 9,95€ pela edição especial e limitada, lançada em 2007, e que traz ainda um DVD com cinco temas gravados ao vivo? Gravados nos estúdios Namouche em 15 de Outubro de 2006, numa realização de Ana Rocha de Sousa e Aurélio Vasques. Não tem muita lógica, pois não? Já na CDGO, a coisa parece mais coerente.
Depois e para nosso azar, as duas edições estão ainda em estantes bem diferentes – a loja é grande, eu sei.
Só neste país

som Sérgio Godinho.


“Ligação Directa” – Sérgio Godinho (EMI, 2006; Reed. 2007)

tipo Popular
sítio www.sergiogodinho.com

TAGS
RELATED POSTS
1 Comentrio
  1. Nuno

    26 Fev 2008

    Rui:

    Qundo voltares a essa loja, pega noutros discos e olha o preço do cd nas costas e vê o autocolante verde à frente.
    Por exemplo o cd de Mário Pacheco ao vivo + DVD costava mais de 20 euros. Agoá está ao mesmo preço de Sérgio Godinho.
    O melhor que temos a fazer é não comprar logo que o disco salta para a prateleira das lojas e aguardar calmamente que ele emagreça o preço. E acredita que muitos fazem dieta.
    Quem compra muito, já conhece estas dietas.
    Felizmente que comprei “Ligação Directa” e Mário Pacheco bem magritos…
    Pois, só mesmo neste país. Portugal, Portugal…

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.