crítica

CRÍTICA|”from underskin” – a Jigsaw

Por em 4 Nov 2004
Disco gravado por Márcio Silva há cerca de um ano no Master Mix Studios em Tentúgal, mais tarde misturado, produzido e masterizado por Miro Vaz (Squeeze Theeze Pleeze), “from underskin” marca a estreia dos a Jigsaw na edição em nome próprio. A jovem Som Sónico (www.somsonico.com) faz as honras da casa. A banda é composta pelo João Rui na guitarra e na voz, pelo Cardoso na guitarra, pelo João Silva no baixo e pelo Filipe na bateria.
Afinal o que trazem na bagagem estes homens de Coimbra?
Trazem um pop-rock carregado de guitarras, de melodias simples e de expressões eficazes tornadas rock em ritmo quase sempre tranquilo. Trazem o poder de um som cru, sem artifícios, de um som sem malabarismos, de uma mensagem clara e cristalina, de um som que facilmente nos absorve.
Dito assim, desta forma quente, estaremos diante de algum enlevo sonoro por aí escondido?
Bem… não propriamente. Os a Jigsaw trazem pouco de rotundamente novo, as influências que dão corpo às suas canções (sim, porque é de canções que estamos a falar) são plenamente assumidas e bem claras, mesmo que surjam (como parece) na sequência de uma tentativa de miscigenação sonora que a banda tenta iniciar em busca daquele som próprio; nesta fase, ainda no início, num bom início.
É um disco que deixa pistas e que nos recorda que ainda é possível fazer canções sínceras utilizando o habitual quarteto rock. É um disco que funciona, que cria um qualquer efeito positivo sobre nós mas que definitivamente também não nos surpreende verdadeiramente…falta o tal golpe de asa, a tal sublevação, a tal libertação (na FNAC a 7,95€).


“from underskin” – a Jigsaw (2004/Som Sónico)

01 random lovers
02 know yoursel
03 motionless
04 dreaming drowned man
05 outside waiting
06 of rage those of the wind
07 shipwreck

Sítio: www.ajigsaw.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.