COMPARTILHE

É mais uma das recentes edições da Optimus Discos; saudada edição. Depois de editar dois EPs em colectivo, uma mixtape a solo (com beats de DJ Premier) e de variadíssimas colaborações, a surpreendente Capicua apresenta-nos finalmente o seu álbum a solo. Chama-se “Maria Capaz”.

“O nome pode soar a novo mas Capicua é um segredo que o Hip Hop português guarda há demasiado tempo. Concretamente desde meados da década de 90 no Porto, onde pintava na rua com os rapazes, invicta entre os primeiros writers e MC em potência. Senhora do seu nariz, eterna militante do inesperado, Capicua não é de fácil rotulagem. Apesar de estar longe do “retrato robot” típico de um rapper, é o Rap que faz o seu coração bater a 120 bpm’s. E foi precisamente do seu lugar cativo fora da caixa que ganhou a aprovação da turma (…) De rima ágil e verbo pungente, a MC cresce sobre instrumentais de D-One, Ruas, Sam the Kid, Xeg ou Nelassassin, e enfrenta o momento, o movimento e a sua própria identidade com sensibilidade, bom humor e valentia. Terna e feroz, íntima e torrencial, Capicua rima como é, coisa rara e preciosa.” (1)

Mais, mais e melhor música portuguesa!

Download Legal de “Maria Capaz”

capa de Maria Capaz
Capicua – “Maria Capaz” (Optimus Discos, 2012)

| RAP |
www.reverbnation.com/capicua
www.facebook.com/capicuarap
optimusdiscos.pt/discos

DEIXE UMA RESPOSTA