em síntese

”Mais Que Um Esboço” – Cruzumana

Por em 27 Jan 2010

Nem sempre é fácil o caminho, mas os Cruzumana fizeram-no. Conseguiram-no. Este é o caminho que leva à criação de um som próprio; à identificação de uma banda pelo produto que cria. E os Cruzumana conseguiram-no. Muito por força das vozes – fortes e carismáticas, mas também pela personalidade da sua música. É fácil ouvir pela primeira vez um dos temas  deste disco e identificá-lo imediatamente como uma criação Cruzumana. E isto é importante.
À surpresa de um “E Tu…Tudo bem?!?” (Rotor), álbum de estreia datado de 2006, o grupo de Almada respondeu com um álbum que aprofunda alma dos Cruzumana, polindo o que havia por polir. Mais maduros, os Cruzumana continuam a envolver-nos nas suas sedutoras melodias, embrulhadas numa poética lusa aplicada com sentido. A palavra e a voz completam as cores progressivas com que os Cruzumana pincelam o som do seu quadro rock. E fazem-no muito bem.
Eles conseguiram-no e nós ficamos felizes. Vale bem a pena.

Ouvir Cruzumana no MySpace

capa de Mais Que Um Esboço
”Mais Que Um Esboço” – Cruzumana (Edição de Autor, 2009)

01 Na fila do Mundo
02 Porque a alma não se cansa
03 Quase em branco
04 Um lado vencido
05 Confissão
06 Encruzilhada
07 Entre mim
08 Terra
09 Musa
10 Curto Cobre

género: rock
www.cruzumana.blogspot.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.