em síntese

Trêsporcento em “Hora Extraordinária”

Por em 7 Ago 2011

Boa surpresa.
Dois anos passados sobre o homónimo EP de estreia e os lisboetas Trêsporcento presentearam-nos com um álbum que é uma boa surpresa; aliás, é um pouco mais do que isso. São nove faixas de um pop-rock moderno, seguro e cantado num português que felizmente se afirma distante de ideias fáceis. Musicalmente cativante, sem ser singular, quase perfeito na voz de Tiago Esteves, “Hora Extraordinária” foge sempre que pode – e bem – por caminhos mais indie, mais alternativos. É um disco cheio de coisas interessantes para conhecer. É de arriscar; claramente.
Quarteto formado por Tiago Esteves (voz e guitarra), Lourenço Cordeiro (guitarra), Salvador Carvalho (baixo) e Pedro Pedro (bateria), os Trêsporcento estão de parabéns pelo seu álbum de estreia; pela música que souberam criar; pelo prazer que souberam oferecer.

Ouvir Trêsporcento

capa de hora extraordinária
Trêsporcento – “Hora Extraordinária” (Edição de Autor, 2011)

01 Ante-câmara
02 O Dia Em Que Esses Olhos Brilharam
03 Elefantes Azuis
04 Não Chegues Tarde
05 Tira as Lantejoulas
06 Actor Empenhado
07 Éter
08 São Tão Diferentes
09 É Tudo Tão Fácil

| POP-ROCK |
www.myspace.com/tresporcento
www.facebook.com/Tresporcento

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.