netlabels

NETLABELS|3 You Are Not Stealing Records 3

Por em 18 Abr 2006

É a grande descoberta do dia…indubitavelmente, e que descoberta!
Na volta habitual pelo universo netlabel luso, descobriram-se três novas pérolas disponibilizadas pela sempre simpática You Are Not Stealing Records; gratuitas já se vê.

“Way off, where the Spirits are” – Party People in a Can
Não imaginava quem fossem – após curta pesquisa soube que participaram em compilações em 1997 e 2000, pelo menos – e ainda agora não imagino, nem sei bem de onde vêm, apenas sei que “Way off, where the Spirits are” é um EP dos Party People in a Can e é a 18ª edição da You Are Not Stealing Records. É e é bom. Rock de um fulgor bem alternativo, não fugindo a uma vontade experimental – principalmente nos instrumentais – tem na voz rouca, dramática, pesada e falada, um dos seus maiores mistérios. Também instrumental – três dos cinco temas – “Way off, where the Spirits are” é uma estranha e bela surpresa. Grande balanço paira por ali…bom!


“Way off, where the Spirits are” – Party People in a Can (2006/YANSR)

“You Are Not Stealing Bor Land” – V/A
O título tem graça e diz quase tudo. Esta é uma compilação composta apenas por artistas e bandas com registos editados pela editora Bor Land. Basicamente é um disco promocional a apelar para a grande casa-mãe. Metade dos temas foram já editados na compilação de 2005 comemorativa dos cinco anos da Bor Land, “Bor Land, Can Take You Anywhere You Want”. Nesta compilação podem ser ouvidos temas de Old Jerusalem, Rose Blanket, Complicado, München, Alla Polacca, Bildmeister, Bypass e Most People Have Been Trained To Be Bored. Palavras para quê? Excelente!


“You Are Not Stealing Bor Land” – V/A (2006/YANSR)

“Ao Vivo Na Capela da Misericórdia – Sines 2005” – Nobody’s Bizness
Outra grande surpresa…enorme!
Pelo título logo se percebe que esta é uma gravação ao vivo de um concerto dado pelos Nobody’s Bizness na Capela da Misericórdia de Sines em 12 de Março de 2005. Depois, o resto, é blues, blues e mais blues, daquele que vem da terra, tão bom que nos embala na ideia de um Mississipi distante – ou talvez não. Excelente. Com Petra na voz, Luis Ferreira nas guitarras, Catman na voz, harmónica e piano, Pedro Ferreira nas guitarras e coro, Luís Oliveira no baixo e coro e Isaac Achega na bateria e percussão, os Nobody’s Bizness oferecem-nos uma prenda de tamanho prazer. Sem rococós, é o mais puro do blues que nos amacia o tímpano… Robert Johnson, Wesley Wilson e Willie Dixon, entre muitos outros, estão todos lá, crus como sempre. E o Delta aqui tão perto…acústico, puro.


“Ao Vivo Na Capela da Misericórdia – Sines 2005” – Nobody’s Bizness (2006/YANSR)

Está tudo, mesmo tudo AQUI, gratuitamente!

www.stealingorchestra.com
stealingorchestra@yahoo.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.