novidades

NOVIDADES|”Porto Interior” – Rão Kyao & Yanan

Por em 1 Mar 2008

O novo álbum de Rão Kyao (flauta de bambu) está hoje a ser distribuído, gratuitamente, com o jornal Diário de Notícias. O disco chama-se “Porto Interior” e envolve igualmente a chinesa Yanan, a morar no Porto, tocadora de Pi’pa e Gu Zheng. Baseado num espectáculo ao vivo, “Porto Interior” pretende celebrar a relação secular que une Portugal e a China. O disco é composto por temas originais e tradicionais portugueses e chineses – distribuído em DVD-Box
Esta é uma edição com o apoio da Fundação Jorge Álvares.

som Rão Kyao.


“Porto Interior” – Rão Kyao & Yanan(Fundação Jorge Álvares, 2008)

tipo World
sítio www.rao-kyao.com

TAGS
RELATED POSTS
8 Comentrios
  1. serena

    6 Out 2008

    Eu também ando no encalço do grande Rão Kyao e da Yanan e não encontro nenhum cd á venda. tive a sorte de ter sido um dos convidados no dia Mundial da Música para assistir ao concerto no auditório de Gondomar, foi supremamente sublime. O grande Mestre Rão Kyao é fantástico e com a Yanan perdoem a expressão são cá uma parelha maravilhosa, ouvir as Flautas acompanhadas pelos instrumentos chineses é para a alma. Adorava ter um cd desse reportório. Os comentários dos diversos assistentes e de diversas faixas etárias eram todos muito favoráveis. Ouvir temas chineses foipara quem os desconhecia como eu uma maravilha, mas ouvir temas tradicionais portugueses com as Flautas e os instrumentos chineses foi simplesmente superior, gostei muito muito. Para o Rão é a internacionalização da nossa música nos seus magnificos sons. Obrigado Rão Kyao, obrigado Yanan. Precisamos que nos dêm ainda mais. No futuro farei tudo para nao perder um concerto vosso e vou continuar a tentar rranjar um cd.

  2. Rui Dinis

    9 Set 2008

    Comprei e gosto muito; não fui mas gostava de ter ido e não, não sei se a Yanan tem mais discos no mercado. Obrigado pessoal, continuem por aí…

  3. TÓ SURDO

    6 Set 2008

    MAFRENSE… REALMENTE É PENA QUE QUERENDO DAR A IMPRESSÃO DE ENTENDIDO NESTAS COISAS DE ESPECTÁCULOS, EXPRIMA AS “SUAS” OPINIÕES TÃO LEVIANAMENTE,COMO DUM EXPERT NA MATÉRIA SE TRATASSE, FAZENDO COMPARAÇÕES, ACHANDO EXCELENTE OS SOLOS DE YANAN, MENOSPREZANDO O NOSSO COMENDADOR, QUE HÁ TANTOS ANOS NOS PRAZENTEIA COM A SUA MARAVILHOSA MÚSICA, SERÁ QUE O PRODUTO ESTRANGEIRO É SEMPRE MELHOR QUE O NACIONAL?
    QUANTO ÀS LUZES, AO PALCO E A RÉGIE DE ÁUDIO,O MEU AMIGO PERCEBE MESMO DO ASSUNTO. GOSTOU TANTO DA MÚSICA, QUE SE ESQUECEU DO ESPAÇO ONDE ESTAVA, SE CALHAR QUERIA TAMBÉM UM OU DOIS CARROS DE EXTERIORES, MAS PROFISSIONAIS…JÁ ME LEMBRO, A GENTE CONHECE-SE…TERÁ SIDO NO BAILE DO TOYNO CARREIRA ?…NÃO, ACHO QUE FOI NO EDUARDO SANTANA…AQUILO SIM, QUE EQUIPAMENTO, QUE PALCO, QUE rica música…tão diferente.
    P.S. NÃO SE ZANGUE…CONTINUE A OUVIR BOA MÚSICA…

  4. serena

    3 Set 2008

    Também eu tenho o cd que muito adoro ouvir, sobretudo nos momentos em que atingi o máximo de stress, é de facto música muito diferente talvez pelos instrumentos em questão. Sabem se a Yanan tem mais cd’s no mercado? tenho procurado e nada…

  5. amazing

    18 Ago 2008

    Eu também sou natural e continuo a viver em Mafra, também eu estive com a minha irmã que tem formação musical na biblioteca e assistimos ao maravilhoso concerto. Apesar de eu estar de acordo com algumas situações que o MAFRENSE explica em termos da grande qualidade musical da Yanan, não podemos ignorar o nosso Rão Kyao e toda a sua mestria. Quanto ao decor do espectáculo de acto para dois grandes músicos foi uma autêntica vergonha, para quem estava mais atrás os artistas quase não se viam com a péssima iluminação e só no final do espectáculo que pela sua qualidade acabou cedo de mais, é que eu e a minha irmã podemos apreciar os magníficos instrumentos chineses. Para além das ovações que os temas nos obrigaram como expectadores, continuo o meu muito obrigada para a Yanan e ao Rão Kyao.

  6. MAFRENSE

    11 Ago 2008

    Eu sou de Mafra e desta vez não falhei fui mesmo assistir ao concerto da YANAN e do Rão Kyao, desculpem, mas primeiro estão as senhoras, sobretudo quando se trata de uma Grande Senhora Música, como o é a YANAN. Gostei dos temas que ouvi e que são mais actuais, mas também gosto do CD que graciosamente me ofereceram. Quanto aos temas portugueses que foram sendo explicados pelo Rão Kyao nada mal, mas os temas chineses e sobretudo o solo da YANAN são excelentes. Considero uma ideia fantástica de tocar em duo com uma música como a YANAN, não duvido que a Senhora Música tem muito mas muito mais para dar, e estou certo que o Rão Kyao tem por obrigação de saber disso. O Rão Kyao devia ser um pouco mais ousado nos temas portugueses, porque os instrumentos da YANAN e ela própria dão muito mais~. Não é preceiso saber muito para se perceber que a YANAN é uma grande Música e que merece muito mais de uma qualquer parceria, é uma pena. Quanto a mim ela só precisa de ser descoberta por outros músicos nacionais, para ser mais bem tratada, aproveitada e avantajada em conformidade com a sua classe. Bem sei que o concerto foi à borla, mas, desculpem alguns comentários: O palco era de improvisação, as luzes eram paupérrimas, a técnica de som era de amadores. Que pena que a YANAN com os seus trajes e a sua postura tão decentemente oriental, mas sobretudo os seus instrumentos que embora tão mal iluminados para serem vistos, pelo menos pela sua sonoridade são fabulosos na mestria de uma Música como ela. O Porto Interior deveria ser YANAN com Rão Kyao. As condicionantes do espectáculo, numa biblioteca daquelas foi péssima, esteve abaixo do que se vê com alguns artistas amadores que tocam por essas aldeias. Com a Senhora YANAN o Porto Interior ou outro concerto qualquer deveria ser muito diferente e tirar partido da Grande Música que ela é. Tenho dito.

  7. melhorado

    11 Ago 2008

    Foi só comprar o jornaleco para receber esta delícia de CD.
    O Rão todos conhecemos, mas a tal Yanan pelas sonoridades deve ser uma grande música. Nota-se que ambos os instrumentos da Chinesa têm muito para dar, talvez lhe falte é com quem. Isto que sirva de atenção a outros músicos Portugueses, porque de certeza que podem levar a música Portuguesa muito mais longe com esses maravilhosos instrumentos e sobretudo com a Yanan, que me perdoe o Senhor Rão Kyao.
    Acho que é pena que não se aproveite essa novidade desses 2 instrumentos que têm um som fabuloso. Gosto muito

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Breves do Twitter
PUB
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.