recordações

RECORDAÇÕES|”Afinal” – Anamar

Por em 27 Ago 2008

Às vezes vem-me à memória. Meia mentira, desta vez fui induzido pela nova timeline que assentou arraiais no fundo deste blogue. Isto tudo porque desejava – muito – fazer a entrada relativa a artista em questão e não encontrei a  informação que necessitava – data de nascimento. Nem o ano. Geralmente a Wikipedia até tem ajudado – pelo menos acredito que sim, mas desta vez dizia apenas “Anamar é um cantora portuguesa“; ressalvando o ‘apenas’. Dizendo pouco não deixa de ser extraordinário como diz quase tudo.
Com uma carreira nos discos iniciada com o single “Baile Final” (“Lágrimas” no lado B), pela Fundação Atlântica (1983), e terminada, até ver, em 2004 com o disco “Transfado” (CNM), a artista tem trazido consigo o peso saudável de uma nova portugalidade. Do primeiro ao último, com “Amar por Amar” (Ama Romanta, 1987), “Almanave (Polygram, 1987), “Feiabonita” (Polygram, 1989), “M” (BMG, 1997) e “Ao Vivo” com Pilar e Né Ladeiras (Zona Música, 2002), pelo meio, vive-se o exaltar de uma certa forma de cantar o português. Mais ou menos moderna, mais ou menos experimental, sempre total. Como recordação e prova disso tudo e mais alguma coisa, ouçamos a compilação “Afinal”, editada em 2003 pela Universal. Esta  é a imagem de uma artista de corpo inteiro – ainda que algo afastada do meio; artista pop ou rock, fadista e cigana, do jazz e do tango. A música da artista abraça um país todo; um mundo inteiro.
Foi assim que me vieram à memória canções como “Amar por Amar” ou “Roda”. A artista é Anamar obviamente.

P.S.: Se alguém souber a data de nascimento de Anamar – basta o ano, diga qualquer coisa p.f..

som “Transfado” – Anamar.

capa de Afinal
“Afinal” – Anamar (Universal, 2003)

01 Afinal
02 O Tempo Dos Anjos
03 Santa Negra
04 Nsn
05 Ilha
06 Lafaek
07 Shah
08 Dar O Dia
09 Sereia
10 Tudo Dar
11 Canção Do Mar
12 Animal
13 Céu Da Gente
14 Ana
15 Roda
16 Amar Por Amar
17 Baile Final

tipo Popular
sítio Anos80

Reblog this post [with Zemanta]
TAGS
RELATED POSTS
1 Comentrio
  1. Culto do Vinil

    27 Ago 2008

    Caro amigo desculpe usar este espaço, mas gostaria de pedir (ainda não acredito que o blog do culto desapareceu devido a um erro técnico) que publique num posto a alteração da morada do Culto do Vinil, aqui fica
    http://CULTOVINIL.BLOGSPOT.COM

    já agora mude no endereço dos Blogs, os meus agradecimentos.

    Um abraço

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.