recordações

“Alhur” – Né Ladeiras

Por em 22 Jul 2009

Há artistas que vivem tanto tempo longe dos holofotes, que deixam no ar como que um sentimento de forte saudade. Né Ladeiras é, obviamente, uma dessas artistas. Nascida no Porto, em 1959, com passagens no início de carreira por projectos como Brigada Victor Jara, Trovante e Banda do Casaco, Né Ladeiras vive hoje algo afastada dos holofotes. demasiado afastada. E não falo só em discos, falo mesmo do calor dos holofotes. Se não contarmos com a excelente reedição levada a cabo pelo Do Tempo do Vinil, sob o título de “Essência – Os Anos Valentim de Carvalho 1982-1983” (iPlay, 2008), o último disco data já de 2002; “Ao Vivo”, na companhia de Anamar e Pilar.
Na ânsia de trazer a este espaço, Né Ladeiras, Prémio José Afonso em 1994, com “Traz-os-Montes” (EMI-Valentim de Carvalho, 1994), a escolha recaiu sobre o magnífico “Alhur”, maxi-single que marcou a estreia a solo da artista – um dos disco há pouco reeditados, juntamente com o álbum “Sonho Azul” (1983). E que disco; um registo luminoso produzido por Ricardo Camacho (Sétima Legião) e tocado pelos músicos dos Heróis do Mar, com letras de Miguel Esteves Cardoso. “Alhur” é marcado por um encontro absolutamente feliz entre alguma tradição musical, tão explorada por Né Ladeiras,  e alguma modernidade. Né Ladeiras alimenta-se do trabalho de pesquisa das raízes musicais portuguesas, sem nunca renegar outro tipo de conexões; com o exterior às nossas fronteiras; com a modernidade. “Alhur” tem uma luz muito própria, capaz de nos fazer levitar sem qualquer sobressalto. 27 anos depois, a magia mantém-se, mantendo-se Né Ladeiras na sua posição de vanguarda  na exploração de novas fronteiras musicais. Que falta que faz este calor.
Junto segue para audição o belíssimo “Húmus Verde”.

[dewplayer:http://www.fileden.com/files/2009/7/19/2514307/HumusVerde.MP3]

capa de Alhur
“Alhur” – Né Ladeiras (EMI, 1982)

Lado 1
01 Húmus Verde
02 Holoteta

Lado 2
03 Essência
04 Alhur

género: popular

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.