recordações

RECORDAÇÕES|"Ocidental Praia" – Ficções

Por em 31 Ago 2007
Da mesma forma que os dias correm uns atrás dos outros, diferentes, também as sensações que se procuram, por aí, divergem; um pouco como as diferentes tonalidades que dão côr à música que nasce por cá. Anteontem, parei-me em Alexandre Soares e Jorge Coelho, ontem, foi um regresso às Ficções; tanta e tanta coisa há para descobrir por aqui. E não, não é ficção, é a mais pura realidade.
Grupo formado em Lisboa em 1998, liderado por Rui Luís Pereira (Dudas), os Ficções tiveram na sua história já múltiplas formações. Nessa história, “Ocidental Praia” é exactamente o terceiro disco, um registo lançado em 2001 numa edição de autor; depois de “Aqua” (PolyGram, 1992) e “Zambra” (PolyGram, 1995). Neste disco, Rui Luís Pereira (guitarra e alaúde) fez-se acompanhar de João Paulo (piano), Perico Sambeat (saxofone e flauta), Yuri Daniel (baixo) e Alexandre Frazão (bateria). Para já e sendo responsável por toda a composição do disco – excepto o 3º tema, Rui Luís Pereira oferece-nos uma praia absolutamente mágica.
A referência ao Jazz é quase um acaso; de outra forma, ele é o ponto de partida para o todo da obra dos Ficções. É esse Jazz o veio de transmissão, é ele que encaminha este disco para a maravilhosa experiência de fusão que é. São deambulações pelo mundo que preenchem esta praia; um salto ao norte de África, uma afago forte às nossas raízes ibéricas, um beijo ao mundo oriental, às Américas; tudo com um bom gosto assustador. Tudo com arrojo, numa espécie de fuga para a frente, centrada numa vontade indomável de experimentar, de criar, apenas sonhar. Um banho no espírito da mestiçagem. Naturalmente, às belíssimas composições de Rui Luís Pereira, o quinteto responde com a competência que se lhe reconhece; coisas de músicos com história.
“Ocidental Praia” é algo a descobrir, sempre. De uma inspiração étnica simplesmente vibrante! Magnífico.

som Ouvir alguns sons dos Ficções

capa de Ocidental Praia
“Ocidental Praia” – Ficções (Edição de Autor, 2001)

01 Dança da Lua
02 Fado (aqueles olhos claros)
03 Cantiga nº181
04 Duetos
05 Ocidental Praia
06 Al Mutamid
07 Mil e uma noites – para Adalberto Alves
08 Mandrágora
09 Tambor Falante – dedicado a África
10 Zanzibar
11 Tal Pai, tal Filho (I)

tipo Fusão/Jazz
sítio ruipereiradudas.no.sapo.pt

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.