audições

Factor T com Grandfather’s House em “Slow Move”

Por em 26 Jun 2016

slowmove

Grandfather’s House, “Slow Move”
Honeysound, 2016
LP / 10 faixas

Tweet:
“Slow Move” refina com mestria um blues rock sujo, apresentado com uma contemporaneidade sonoramente mais abrangente e electrónica.

Estética
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 8
Musicalidade
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 8
Lírica
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 7
Interpretação
♥ ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ 8
Produção
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ ♥ 7
Coerência
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 8
Originalidade
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ 7
Relevância
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ ♥ 7
Intemporalidade
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 6
WOW
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥  ♥ ♥ ♥ 7

Avaliação Global: 73/100 | Factor T

TAGS
RELATED POSTS
1 Comentrio
  1. tiago

    23 Ago 2016

    eu dar-lhe-ia 10 na intemporalidade. tenho a certeza que daqui a 10 ou 20 anos isto ainda vai soar bastante actual. e tenho a certeza de que da geração de pessoal mais novo em Portugal, são das bandas que tem mais potencial para dar que falar a médio longo prazo (a par de outras bandas como, por exemplo os mr moggo, e peço desculpa pela grande calinada na escrita do nome), e construir uma carreira ao nível de uns peixe:avião e mão morta. ter consistência no trabalho e trabalhar com orientação dos melhores de facto normalmente revela-se no que se vê aqui: uma capacidade de deixar marca com a qualidade do trabalho que se faz. não é para todos.

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.