curtas

No Verão com Frankie Chavez

Por em 5 Ago 2011

Editado o álbum “Family Tree” (Edição de Autor, 2011), Frankie Chavez deixou-nos algumas palavras sobre o mesmo, sobre o Verão e sobre outras coisas mais:

Porquê e como nasceu o nome Frankie Chavez?
Tenho no meu nome Francisco e Chaves. Sempre gostei da letra Z. Queria um nome internacional e numa brincadeira com o meu produtor, ficou.

O que move Frankie Chavez?
A Música, a família, as viagens.

Um adjectivo que caracterize o projecto Frankie Chavez?
Honesto.

Numa frase apenas, como caracteriza o novo disco?
Um conjunto de músicas, que representam o cantinho em que me encontro neste momento da vida.

Se tivesse de escolher a faixa que melhor encarna o ‘espírito’ de Frankie Chavez, qual escolheria? E porquê?
Depende da hora do dia. Another Day para o positivismo do dia a dia. Old Habits para o corte com a rotina, Dreams of a Rebel quando queres partir para outra.

Aponte duas razões para ouvir – quiçá comprar – o novo disco?
1. Ajudar o projecto a vingar. Quem sabe gostas e queres vir a um concerto e trazer uns amigos. Isso vai ajudar a gravar o próximo! :)
2. Ouvir mais uma visão sobre o amor em tom de folk e blues.

Quer propor um disco da música portuguesa que lhe tenha agradado nos últimos tempos – o seu não vale?
“Chromatic” – You Can’t Win Charlie Brown.

Para Frankie Chavez a Internet é…
Um óptimo meio de divulgação, uma fonte de informação (com conta, peso e medida), um vício horrível.

Há quem insista que o rock morreu. Morreu ou não?
Claro que não! Está a ser reinventado.

Como vai ser o resto do Verão para Frankie Chavez?
Vou ter alguns concertos (www.frankiechavez.com/gigs) e vou preparar o inverno. Quero editar uma banda sonora (que já está gravada) até Dezembro e preparar alguns concertos para o inverno.

Ouvir Frankie Chavez

foto de Frankie Chavez
Foto: © Rita Carmo

| BLUES |
www.frankiechavez.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.