grátis nota de imprensa

[nota de imprensa] DJ Marfox – “Revolução 2005-2008” (NOS Discos)

Por em 17 Mar 2015

djmarfox_revolucao

“Revolução 2005-2008” traça um retrato fiel do vibrante período inicial do produtor, à época largamente desconhecido do grande público.

Cada vez mais reconhecido e recomendado como um dos valores incontornáveis da música de dança electrónica contemporânea, quer pela crítica musical lusófona, europeia e norte-americana – tendo sido entrevistado pela Rolling Stone, como um dos novos talentos a acompanhar- quer por uma base sólida de melómanos nacionais e internacionais que abraçaram entusiasticamente a inovação e frescura oferecida por Marfox aos códigos testados e gastos do House e Techno do mundo ocidental.

Marlon Quintas dos Santos e Silva nasceu em Portugal em 1988, sendo um orgulhoso descendente de pais naturais de São Tomé e Príncipe. Tendo adoptado desde tenra idade o nome Marfox, a partir de uma brincadeira partilhada de crianças vidradas no videojogo ‘Starfox’ da Nintendo, cedo se destacou como uma referência vibrante na malha suburbana dos guetos de Lisboa, onde também cresceu, através das suas realizações personalizadas de Batida (nome dado ao instrumental do Kuduro) e Tarraxinha. Tido reconhecidamente como um dos produtores pioneiros da música Afro-Portuguesa do novo século e dos seus mais respeitados embaixadores, Marfox foi inicialmente inspirado pelo movimento do Kuduro Angolano que chegava a Portugal a partir do início da década de 90.

A colecção de temas aqui reunida pela primeira vez em format digital e físico mostram-nos os anos formativos do jovem prodígio, antes do estatuto internacional que entretanto conquistou, quando a partir do seu quarto na Quinta da Vitória, na Portela de Sacavém, onde os criou e produziu e sonhava um dia poder vir a viver da sua música.

[DOWNLOAD LEGAL]

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Breves no Twitter
PUB
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.