singles e eps

SINGLES & EP’S|”Judy (somewhere)” – The Partisan Seed

Por em 8 Mar 2008

É um pequeno aperitivo; é essa a sensação com que ficamos depois de ouvir o delicioso “Judy (somewhere)”. Um EP é sempre um EP e três temas são quase sempre poucos. “Judy (somewhere)” não foge a essa realidade. Tem tanto de bom como de efémero, cumprindo ainda assim e certamente o seu objectivo: deixar-nos na expectativa e com a certeza que mais e melhor virá. E vem mesmo.
Pouco mais de um ano após o lançamento do excelente “Visions of Solitary Branches” (Transporte de Animais Vivos), Filipe Miranda e o seu projecto The Partisan Seed, regressa com uma nova amostra; um verdadeiro warm-up para o novo disco, também ele previsto ainda para 2008 – a editar em vinil. É um refinado folk-rock, clássico, acústico, melancólico, ancorado pela voz firme de Filipe Miranda – como sempre, aquele que trespassa dos dois primeiros temas deste novo EP. No primeiro embrenhado nas teclas, ao segundo de guitarra em punho, The Partisan Seed oferece-nos mais duas peças de uma singela beleza acústica. Para o fim, o músico deixou-nos um curto epílogo com “Piano room”; apenas dedilhado. Ao todo, fica aquele cheiro de indie acústico, traçado por um folk moderno e apaixonante. Filipe Miranda, autor da música e letra, homem dos sete instrumentos (voz, guitarra, órgão, piano e percussão) tem em José Arantes (percussão, violoncelo e coros) o companheiro de luta de sempre; o mesmo companheiro dos Nikouala.
É bom mas sabe a pouco, tal a rapidez com que o prazer se esfuma. Agora venha o resto.

The Partisan Seed.


“Judy (somewhere)” – The Partisan Seed (Honeysound, 2008)

01 Judy (somewhere)
02 God is a word
03 Piano room

Folk-Rock
www.thepartisanseed.net
www.honeysound.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.