termómetro

TERMÓMETRO|Outubro 2008

Por em 7 Nov 2008
Num mês bem agitado, em que se editaram ainda discos de Os Pontos Negros, The Guys from the Caravan, Flirt, Samuel Úria, b (fachada), Long Desert Cowboy, Bunnyranch, Waste Disposal Machine, Most People Have Been Trained To Be Bored, Madredeus & A Banda Cósmica, Minta, Blasfemea e On a Plain, entre outros, eis algumas das boas novidades, entretanto já experimentadas:

Noiserv – “One Hundred Miles from Thoughtlessness” (Edição de Autor/Merzbau) – Desarmante; disse-o há dias por aqui sobre este mesmo disco. No mesmo sítio, dizia que chegava a arrepiar tal a frontalidade e sinceridades das canções de Noiserv. É isso.

Alla Polacca – “We’re Metal And Fire In The Pliers Of Time” (Bor Land) – Finalmente, mais Alla Polacca. Nunca pareceu uma situação resolvida a do anterior registo, “Why Not You?” (Bor Land, 2003) – split com Stowaways. Agora sim, os Alla Polacca estão de regresso, iguais a si próprios e de corpo inteiro. O que é muito bom.

João Coração – “Nº1 – Sessão de Cezimbra” (FlorCaveira) – Eis que finalmente este Coração se abre, mostrando um João cheio de vontade e poesia para oferecer. Agora já não é rumor, o artista chegou mesmo.

The Cynicals – “I Didn’t kill Rock and Roll (so it must have been you!)” (J.F.Corroios) – Este serve para marcar uma fase importante da vida dos The Cynicals. A primeira fase, a fase de JMacias, o anterior vocalista da banda. É a coroação de uma ano perfeito: 2007.

Royale Rendez-Vous – “Royale RendezVous” (Edição de Autor) – Há dias atrás, dizia que eram cobóiadas e tarantinices em cinco instrumentais inspiradíssimos na imagética cinéfila. Vale a viagem.

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.