custo zero

“Propaganda Sentimental” – Governo

Por em 17 Nov 2009
Um Governo nascido do encontro entre o poeta Valter Hugo Mãe e a mãos mortas de Miguel Pedro e António Rafael. Eis o resultado do desejado encontro:

Para um jovem desajeitado dos anos 80, atormentado com impulsos criativos e sem saber muito bem o que pensar do mundo, os Mão Morta representavam a ferocidade necessária, uma complementaridade para os nossos espíritos em formação que nos permitia intuir, com a esplendorosa coragem da idade, que o caminho para os sonhos tinha de ser aberto sem vacilar. Por toda a minha juventude, e já no tempo da universidade em que me pus a estudar Direito, os Mão Morta tornaram-se o melhor modelo de som e pensamento, de protesto e inteligência que me balizou tantas vezes as opções e os particulares sucessos.
Hoje, decorridos mais de vinte anos de admiração, poder passar perto dos músicos que de algum modo me formaram, como ouvinte e como pessoa, é comungar de um sonho que dificilmente me atreveria a ter. Eis, de facto, como a realidade superou toda a fantasia a que eu poderia ter-me dado.
Este Governo, que eu espero assustadamente merecer, é todo uma entrega ao Miguel Pedro e ao António Rafael do meu grato esforço de fã para que saibam o quanto o trabalho que fizeram e fazem importa para tanta e tanta gente que, como eu, precisa da sua música para viver.
Senhores ministros, este Governo vem do luxo das vossas composições e da tão preciosa generosidade que vos assiste.
Muito, muito, obrigado por isso.
” (Valter Hugo Mãe)

Tudo livre!

Download Grátis

Outros títulos da 3ª Série:
“Intervalo” – Linda Martini
“Urbano Roots” – Olive Tree Dance
“A Aprendizagem de Margarida Pinto” – Margarida Pinto
“Cada Som Como Um Grito” – Orfeu Rebelde

capa de Propaganda Sentimental
“Propaganda Sentimental” – Governo (Optimus Discos, 2009)


www.myspace.com/ogoverno
www.optimusdiscos.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.