A TROMPA

Disco da Semana


artigos recentes


LIGAÇÕES QUENTES


Arquivo


The Astroboy e “Flow My Tears”

Rui DinisRui Dinis

flowmytears

“Vazio Infinito”; é este o título, em português, do livro de Philip K. Dick no qual The Astroboy (aka Luís Fernandes) se inspirou para o seu mais recente disco, “Flow My Tears” (Easy Pieces, PAD, 2013) – outra vez Philip K. Dick. Da leitura de “Flow My Tears, The Policeman Said”, título original da obra de ficção científica de Philip K. Dick, nasceu esta peça de oito actos de um envolvente e crescente minimalismo electrónico, projecção cósmica e eterna de um abraço fraterno ao krautrock alemão – com espaço para a colaboração de Hans-Joachim Roedelius com os Qluster. Em todo o caso, “Flow My Tears” é muito mais que este abraço, ele é essencialmente a demonstração de uma devoção a ambientes sonoros paralelos, visões ambíguas de uma misteriosa imaginação de cariz espacial. Com uma espessura digital forte, “Flow My Tears” é um interessantíssimo documento introspectivo feito de movimentos e texturas, ora vagueantes, ora dramaticamente incisivas. [ELECTRÓNICA | OUVIR]

Rui Dinis
Author

Rui Dinis é um pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado intermitentemente desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Comments 0
There are currently no comments.