especial Featured

Especial: Old Jerusalem em “Two Birds Blessing” (2009)

Por em 12 Jun 2016

Em ano de mais um novo e grande disco, “A Rose Is a Rose Is a Rose” [ouvir] , Old Jerusalem será a razão de mais um super-especial n’a trompa. Será o próprio Francisco Silva a falar-nos sobre a sua música, sobre os seus discos, sobre esses dias de feliz criação. A trompa dá o mote, o artista continua…

TwoBirdsBlessing

2009
“Two Birds Blessing” – Old Jerusalem (Rastilho Records)

No ano em que Barack Obama tomou posse como Presidente dos Estados Unidos, sendo o primeiro afrodescendente a ocupar esse lugar, Old Jerusalem

…Depois do lançamento e promoção do “The temple bell”, Old Jerusalem encontrou-se num certo impasse. Por um lado, havia um conjunto de canções em que estava já a trabalhar, mas sabendo, por contacto com o Rodrigo Cardoso e a Inês Lamares, da Bor Land, das dificuldades da editora, era ainda bastante incerto o rumo a dar ao trabalho. Uma hipótese seria esperar mais algum tempo para lançar o disco, para permitir que a Bor Land alcançasse um mínimo de estabilidade financeira que lhe permitisse dar seguimento à actividade editorial, mas essa era uma opção pouco apelativa para mim. Temia inclusivamente que a espera acabasse por resultar em desinteresse absoluto pelas canções e pelo trabalho de as editar. No entanto, nunca tive grande vontade de enveredar eu próprio no mundo da edição, pelo que a opção de lançar o disco em edição de autor tampouco era uma perspectiva apelativa para mim. A via para resolver este impasse acabou por surgir naturalmente, através de um contacto estabelecido no então ainda prevalente “Myspace”. De facto, por esta altura recebi um contacto do Pedro Vindeirinho, da Rastilho, manifestando interesse em eventualmente vir a colaborar com Old Jerusalem. Aceitei a proposta e o rumo tornou-se assim claro: continuaria as gravações das novas canções, a Rastilho editá-las-ia e a Bor Land mantinha a sua relação com Old Jerusalem enquanto agente dos concertos da banda. Uma colaboração tripartida deste género enfrenta sempre os seus obstáculos, mas lá fomos gerindo a nossa actividade, talvez de forma menos notória do que no passado, mas dando o que entendíamos ser passos inequívocos no “cimentar” do nosso percurso. O “Two birds blessing” aprofundou ainda um pouco mais uma tendência que tínhamos já experimentado no anterior “The temple bell”, de expandir a paleta sonora e introduzir mais músicos no processo de gravação. No final da promoção deste disco, no entanto, a minha vida pessoal tinha sofrido modificações muito consideráveis, tinha agora a minha própria família, e a Bor Land, por seu turno, encerrava definitivamente a sua actividade a todos os níveis, o que viria a abrir caminho a mais uma transição para Old Jerusalem, que mais uma vez surgiu de forma natural.

Francisco Silva

Artigos anteriores:
Old Jerusalem & Alla Polacca em “Old & Alla” (2002) – LER
Old Jerusalem em “April” (2003) – LER
Old Jerusalem em “Twice the Humbling Sun” (2005) – LER
Old Jerusalem, Bruno Duarte e Puny em “Splitted” (2006) – LER
Old Jerusalem em “The Temple Bell” (2007) – LER

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.