novidades

“Cura” pelos Sturqen

Por em 26 Jun 2016

“A ideia de cura sugere tratamento, remédio, um processo de restauração de saúde de um organismo doente, desequilibrado. Se existe processo de recuperação, a questão foca-se em descobrir o problema. A solução talvez esteja na procura de tranquilidades básicas que controlam o interior dos organismos, ou nos processos reguladores que trazem ordem a um caos instalado.

A cura é uma negação do problema; uma negação da negação que suprime aquilo que é estranho a um sistema saudável. A cura é um acto de violência saudável. É na exploração desta violência que se situa a sonoridade de Sturqen neste álbum, onde o som vive de uma dureza que atrai por ser feia, crua e muitas vezes imprevisível. Tal como um tratamento, a experiência de Sturqen está dependente do ouvinte que se sujeita voluntariamente a algum desconforto. Os resultados surgem sem segundas oportunidades.

A música tanto pode ser mistério como resposta definitiva. Na bipolaridade de intensidades surge sempre alguma surpresa sedutoramente pulsante. É a vicissitude da desordem. Com uns musculados 52 minutos, Cura é o álbum mais diversificado de Sturqen até hoje. Uma viagem entre máquinas sujas que também produzem cores vivas e texturas agrestes e onde, no fim, o mundo orgânico afinal não é tão distante ou incompatível com um rigor mecânico que se podia imaginar inquebrável.” – Nota de Imprensa

TAGS
RELATED POSTS
2 Comentrios
  1. tiago

    23 Ago 2016

    e porque não, experimentarem nomes exaustivamente longos para as faixas, ao invés de nomes super curtos ggoyce vs backett, no fundo? :D

  2. tiago

    23 Ago 2016

    um techno/idm industrial, muito bem trabalho quer a nível de conteúdo formal, rítmico, etc., quer a nível de sound design, mistura e masterização. sem dúvida um dos melhores grupos de musica electronica em portugal. com um trabalho ao nível de labels como a raster noton ou a kompakt

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.