novos sons

Embalados pela doçura de inFeathers

Por em 29 Mar 2016

E para fim de noite, uma proposta interessante que nos chega do conclave bracarense. São os InFeathers, um duo de pop electrónica composto por Joana Jorge (voz e synths) e João Figueiredo (baixo eléctrico e synths).

“A Joana vestia cinzento e tinha medo do universo. O João usava mascaras e fazia origamis. Um dia, o João conheceu a Joana e, como desfecho cósmico, o universo desfez-se em penas e transformou-se numa sala branca onde ecoava perpetuamente uma voz doce. As ondas sintetizadas começaram a dobrar o ar nos origamis mais complexos e o calor decidido do baixo fazia ricochete reflectindo uma meia luz que agora ilumina apenas metade dos seus rostos. Hoje, ela já não tem medo e ele já não usa máscaras. A sala é deles e todos nós podemos entrar. Ao dobrar a porta, perde-se a gravidade e os nossos pés levitam, ainda que, por vezes, o groove irrompa e nos empurre os pés de volta ao chão.
InFeathers é o ar que não se vê, a electrónica etérea que resulta da simbiose entre a fragilidade de uma metade iluminada, abraçada intimamente à outra metade da penumbra.
É o som fresco que promete algo novo e delicado, mas intenso ao mesmo tempo.” – Facebook

No passado dia 12 de março, o duo apresentou quatro temas na Galeria Emergentes dst. Ei-los, ao vivo na PORTA 253.

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.