Série 10

#6 – Sons de Évora

Por em 18 Nov 2011

Depois de Beja e Barcelos, estamos de regresso ao Alentejo. Hoje, são 10 nomes da música eborense. Eis a minha proposta:

Almaplana – Pelos caminhos melódicos do fado e do cante alentejano. Um do muitos projectos de Cláudio Trindade.

Archybak – É uma espécie de extensão dos Almaplana mas bem mais festiva, com violino e percussão; com Cláudio Trindade, outra vez.

Awaiting The Vultures – Um metal progressivo a seguir com atenção.

Cantes Do Meu Cante – A música tradicional em fusão. Outra vez com Cláudio Trindade no caminho.

Damien’s Trail of Blood – Impetuosos; é o metalcore de Damien’s Trail of Blood.

Fato/Feto – Conheça-se o rock alternativo de “a aparência do crime e o crime da aparência” .

Houdini Blues – O novo “Suão” é já o quarto disco dos Houdini Blues. Palavras para quê?

Long Desert Cowboy – Um dos vários projectos a solo de Daniel Catarino (Oceansea, Landfill e mesmo como Daniel Catarino).

Process of Guilt – São uma clara referência nacional no campo do doom metal.

Uaninauei – É o rock em português que nos chega de Évora. Uma dos muitíssimos projectos de Daniel Catarino (Moneymaking Machine; Seven Thousand; O Rijo; Bicho do Mato, etc.)

Process of Guilt
Process of Guilt

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.