COMPARTILHE

Os Ur Ma são a tua mãe” – são eles que o dizem; que são a minha, que são a tua, que são a mãe de toda a gente. Ambígua disponibilidade. Mais adiante na leitura, alertam-nos ainda para o facto de que “vêm de longe e concentram agora um EP“. Fomos ouvir.
Ultrapassadas todas estas descobertas iniciais, lá pusemos a rodar o EP de apresentação do quarteto lisboeta. E já a rodar, somos levados de imediato para uma espécie de electro-rock adentro, criado por Mwing H, Peter Shuy, O Manipulador e BlackBambi. Digo criado, porque há nele algo de diferente – e sim, afinal são quatro mães. São quatro temas onde os Ur Ma explanam com alegria, desprendimento e alguma originalidade, uma ideia de rock electrónico, uma ideia apurada de balanço e liberdade; dizem-se “intoxicados pelos baixos arrastados, teclados babados, percussão de empurrão e vozes, claro, distorcidas“. Como bom filho que é, a trompa já ouviu; e já ouviu muitas vezes. “Ur Ma” é um prazer rápido, um prazer que se esgota ao fim de 17 minutos. Mas um prazer que se repete vezes sem fim. Está tudo no MySpace dos Ur Ma.
O grupo vai estar hoje, dia 29 de Março (23h em ponto), na Bomba Suicida (Bairro Alto, Lisboa), a lançar o EP “Ur Ma”.

iniciar #2 Cheap Talk Suicide
som “Ur Ma”.

rodela de Sonhos à Espreita
“Ur Ma” – Ur Ma (2008)

01 Polly Jean (arachno theme)
02 Cheap Talk Suicide
03 Skinny Destroyer
04 Run Macho Man

tipo Rock/Electrónica

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA