memórias

“Professor Xavier” – Clube Naval

Por em 11 Mai 2010
E desta, quem se lembra?
Godinho e Salema era a dupla de vozes femininas que deu expressão a esta música de Ricardo Camacho e letra de Miguel Esteves Cardoso. O tema chama-se “Professor Xavier” e fez parte da primeira edição da editora Fundação Atlântica – num original formato de duplo single. Eram duas meninas do Estoril, vestidas por Tara e com um gosto especial pela cor azul; diziam. Eram as Clube Naval, um produto pop inofensivo, de electrónica a roçar o kitsch.  Tem a sua piada.
Mas afinal, alguém se lembra desta?

[dewplayer:http://www.fileden.com/files/2009/7/19/2514307//01. Professor Xavier.mp3]

capa de Professor Xavier
“Professor Xavier” – Clube Naval (Fundação Atlântica, 1983)

01. Professor Xavier
02. Salva-Vidas (Mistura Muito Rica)
03. Salva-Vidas
04. Professor Xavier (Especial Para Dançar)

género: pop

TAGS
RELATED POSTS
9 Comentrios
  1. Paulo Alexandre

    24 Fev 2012

    Eu lembro-me e já n ouvia isto há tanto tanto tempo
    fartei-me de andar à procura :) devia ter 10/12 anos ..
    obrigado pela recordaçao

  2. Rui Dinis

    13 Ago 2010

    É, já tinha reparado nisso…
    A ‘brasa’ anda por aqui: http://a-trompa.net/sons-dispersos/sons-dispersosgabriela-schaaf. E está em audição na Rádio Memória.

  3. carlitos

    13 Ago 2010

    “Um Homem Muito Brasa” é da Gabriela Schaaf e o outro se calhar também é (talvez o “Leva-me ao Cinema”). Estava noutro lado a falar de versões e é curioso que o tema “Eu Quero” foi este ano aproveitado em discos de Rita Guerra (primeiro single do álbum) e Anabela (num disco de versões que contou com a participação do Laurent Filipe). Temos de aproveitar o nosso cancioneiro!

  4. Paulo Moreira

    12 Ago 2010

    Grande malha do tempo dos meus 14/15 anos.
    Sem pretensões de mais nada além de ser pop modernaça da altura, com letras despretensiosas. O famoso disco de final de tarde de Verão com namorada e Pepsi-cola (que detsto a concorrente), por mais vanaguardas, shoegazers ou cenas do género que fôssemos.
    Só falta mesmo a Cris Kopke com “Um Homem Muito Brasa” e “Matiné do Cinema Olímpia” (acho que era esse o título.

  5. carlitos

    25 Mai 2010

    O anónimo é que pretende louros por já conhecer o disco embora há pouco tempo. Está muito equivocado porque há pessoas que já o conheciam muito antes. Mesmo na época do digiral: o tema principal está numa das colectâneas que agora foram agrupadas com o melhor do pop/rock português e o “Salva Vidas” está na colectânea “Luso Pop”. Tudo coisas recentes e anteriores ao blog que refere. Além disso há até um blog antigo com a digitalização da capa.

    http://lojadeesquina.blogspot.com/2007/11/o-professor-xavier-e-outras-histrias.html – 14/Nov/2007

  6. carlitos

    25 Mai 2010

    O anónimo é que pretende louros por já conhecer o disco embora há pouco tempo. Mas está muito equivocado porque há pessoas que já o conheciam muito antes. Mesmo na época do digiral: o tema principal está numa das colectâneas que agora foram agrupadas com o melhor do pop/rock português e o “Salva Vidas” está na colectânea “Luso Pop”. Tudo coisas recentes e anteriores ao blog que refere. Além disso há até um blog antigo com a digitalização da capa.

    http://lojadeesquina.blogspot.com/2007/11/o-professor-xavier-e-outras-histrias.html – 14/Nov/2007

  7. carlitos

    25 Mai 2010

    Penso que o tema está numa das 4 compilações que estão agora à venda em conjunto. O “Salva-Vidas” também é interessante. Aparece na compilação “Luso Pop”. Num certo sentido o blog discoscomsono (que já conhecia) até está a fazer algum tipo de serviço público uma vez que as editoras não acham que esse lançamento teria condições que merecessem uma reedição. Quanto ao anónimo deve estar equivocado. Há muitas pessoas que ainda se lembram da Fundação Atlântica e de muitas outras coisas. Quem deve querer uma medalha não é o autor do blog citado mas sim o “anónimo” por querer mostrar que já conhecia o disco. O anónimo é que está a faltar ao respeito porque acha que todas as pessoas estão equiparadas com ele no que respeita ao conhecimento da música, neste caso portuguesa.

  8. Rui Dinis

    24 Mai 2010

    Caro Visitante
    Não tem de pedir desculpa, eu é que peço desculpa por não estar a perceber onde é que está a falta de respeito; só se for por estar a disponibilizar o streaming da música sem pedir autorização ao grupo. De resto, sobre este disco, há informação em mais 3 ou 4 sites.

  9. anonimo

    24 Mai 2010

    desculpa la mas ha que ter um certo respeito pelo trabalho dos outros. este disco esta enterrado a nao sei quantos anos e foi redescoberto pelo seguinte blog e nao me venham com merdas…

    http://discoscomsono.blogspot.com/2010/01/clube-naval-professor-xavier-salva_25.html

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.