novidades novos sons

A feliz estreia de Canto Ondo

Por em 13 Mar 2016

A desenhar-se desde 2011, Canto Ondo chega em 2016 ao seu disco de estreia: “Entre o Alto do Peito e as Campainhas da Garganta”:

cantoondo

O Canto Ondo nasceu em 2011 e apresenta em Março de 2016 o seu álbum de estreia: Entre o Alto do Peito e as
Campainhas da Garganta, numa homenagem ao Canto (da terra) e ao Ondo (o profundo da poesia).

O grupo junta a actriz e cantora Tânia Cardoso (voz, adufe, paisagens sonoras), a Rodrigo Crespo (guitarra e composição), João Luís (ritmos e percussão) e Raquel Merrelho (violoncelo). Juntos apresentam uma sonoridade marcada pela portugalidade da tradição reinventada, e pelo cantar de poetas que os inspiram, do al-Andaluz à lusofonia.

Numa experiência tanto íntima como poderosa e profunda, o Canto Ondo partilha poemas e cantos (e até estórias contadas), com recriações e composições originais feitas a partir da aparente fragilidade da guitarra acústica. O projecto tem um percurso singular, criando algumas composições a partir do diálogo com obras pictóricas do CAM, Centro de Arte Moderna, Gulbenkian.

Após a gravação de um EP de voz e guitarra, em 2011, e a participação no disco do Festival Bons Sons 2012 (palco MPAGDP), com o tema “Trilho”, lançam agora o seu álbum de estreia, num diálogo entre a música, a pintura e a poesia.

Uma edição independente, com produção d’A Monda Associação Cultural de Teatro-Música, 2016.

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.