sensações

Tomara em 6 sentidos

Por em 8 Dez 2017

“Favourite Ghost” é o título do surpreendente disco de estreia de Tomara, o novo projeto de Filipe Monteiro; em seis sentidos, ouve-se assim:

O QUE SE VÊ NA MÚSICA DE TOMARA?
Paisagens amplas que vão desde o frio dos países nórdicos, ao calor das nossas planícies alentejanas.

QUE SABOR TEM A MÚSICA DE TOMARA?
Talvez um travo salgado.

QUE SOM TEM A MÚSICA DE TOMARA?
Talvez o som de mar. E definitivamente o som de vento.

O QUE SE SENTE QUANDO SE TOCA NA MÚSICA DE TOMARA?
Uma nostalgia esperançosa, espero eu.

QUE AROMA TEM A MÚSICA DE TOMARA?
Aromas outonais. Uma frescura no ar, a humidade das primeiras chuvas. Um cheiro de mudança, de renovação.

O QUE SE INTUI DA MÚSICA DE TOMARA?
Que talvez exista uma simplicidade maravilhosa naquilo que nos rodeia se soubermos e formos capazes de escapar, nem que por uns minutos, à nossa própria complexidade.

| Facebook |

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.