COMPARTILHE

É o destino, é um fado. É o novo álbum de Carminho, apenas “Alma”:

(…) Em 2009, Carminho cantava o “Fado” que era o seu fado desde muito nova. Desde que ouvia os discos que os pais tinham, que acompanhava as tertúlias fadistas que se faziam lá em casa, desde que começou a cantar, ainda adolescente, na Taverna do Embuçado. Esse “Fado” era o título de um primeiro álbum que esteve entre os mais aguardados discos da nova geração de fadistas: porque quem já ouvira Carminho sabia o talento que ali estava, mas porque ela se fez esperar – até acabar o curso, até viajar pelo mundo, até saber quem era.
E o seu “Fado” tornou-se num dos mais aclamados álbuns de 2009. Disco de Platina – resultado invejável para um disco de estreia – “Fado” abriu os corações de Portugal à voz de Carminho, e as portas do mundo ao seu talento: melhor álbum de 2011 para a revista britânica “Songlines”, actuações nas principais capitais europeias, no Womex 2011 em Copenhaga e na sede parisiense da UNESCO no âmbito da candidatura do Fado a património mundial, o convite para participar no disco de Pablo Alborán que se tornou num fenómeno de popularidade em Espanha e Portugal (…)

Sucessor de “Fado“, o novo “Alma” é composto por 15 temas, entre originais e versões, de novo com produção e direcção musical de Diogo Clemente. Para além de uma edição standard, “Alma” recebeu também uma edição especial de CD+DVD (com dois temas-extra no CD e o DVD com o registo do concerto “Carminho no Lux” realizado pelo João Botelho.

Ouvir Carminho


capa de alma
Carminho – “Alma” (EMI, 2012)

| FADO |
www.carminho.net
www.facebook.com/CarminhoMusic
www.myspace.com/carminhofado

DEIXE UMA RESPOSTA