novidades

Fadomorse – “Magála Invisível”

Por em 1 Mai 2012

Não é um, não são dois mas sim três, os discos que compõem o novo álbum dos Fadomorse. Um triplo álbum com as participações especiais de Rui Veloso, Sérgio Castro, Emmy Curl e Filipe Raposo, entre muitos e muitos outros.

capa de Magála Invisível

O disco chama-se “Magála Invisível” e pretende igualmente assinalar os 13 anos de músicas dos fantásticos Fadomorse.

13 anos volvidos, passaram pela formação dos Fadomorse cerca de 45 músicos, 25 técnicos criativos, que levaram este projeto ímpar por centenas de concertos em Portugal e Espanha, e um pouco por todo o mundo, da Malásia ao México. Em 2012 comemora-se a persistência, o desejo de ser genuíno, demonstrando que a imaginação não tem limites!
Três discos permitiram aos Fadomorse criar desde as canções “inocentes” do primeiro disco – temas simples confrontados com a complexidade instrumental da banda – até obras conceptuais como é o caso da que preenche os 59 minutos do segundo disco, denominado “Magála”. O álbum encerra com “Invisível”, o terceiro disco, mostrando um lado quase oculto dos “Fadomorse dos discos”, mas que sempre fez parte dos concertos da banda: a música instrumental. Uma viagem desde a world music à música orquestral com a colaboração da Orquestra Sinfónica Transmontana Virtual.
” (1)

foto promo Magála Invisível

Depois de “Gritar o Fado” (2002), “Entrudo” (2004), “Gritar o Fado Revisitado” (2005), “Popétnico” (2006) e “Folklore Hardcore” (2008), os Fadomorse continuam a mostrar-nos porque são um dos projectos mais originais nascidos neste país durante as últimas décadas. O single “Digo-me Adeus” é apenas um exemplo e este é o videoclip.

Fadomorse – “Magála Invisível” (MDParte, 2012) | FUSÃO
www.facebook.com/pages/Fadomorse
www.myspace.com/fadomorse
www.mdparte.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Breves no Twitter
PUB
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.