novidades

Vários Artistas – “O Melhor do Rock Português”

Por em 17 Jul 2013

Mesmo sem grandes novidades, aqui fica mais uma colectânea sobre o rock português:

“Em 1955 é criado o primeiro conjunto rock de que há memória em Portugal o “Walter Behrend e o Seu Conjunto” e durante 2 décadas o rock cresce em Portugal, através de grupos como o Conjunto João Paulo, Quinteto Académico, Os Celtas, os Diamantes Negros de Sintra, os Gatos Negros, entre muitos outros.
O grande boom porém só acontecerá no final do anos 70 e início dos anos 80 quando apareceram inúmeras bandas demonstrando existir uma verdadeira mudança na forma de tocar Rock em Portugal através da instituição de um estilo próprio e de espantosas actuações ao vivo. Rádio Macau, António Variações, UHF, Xutos & Pontapés, Sétima Legião e Heróis do Mar são algumas dos nomes que agitaram o panorama nacional chegando aos tops de vendas provando que havia mercado para este tipo de rock comercial, captando a atenção quer dos media, quer do público em geral.
Toda a década de 80 foi vivida de forma intensa com inúmeros êxitos comerciais e de airpaly que marcaram esta “década de ouro” do pop e do rock português. Criada a distância temporal necessária para se poder fazer um balanço do que foram os anos 80 é altura para fazer uma colectânea que seja uma escolha obrigatória e segura para quem quer ter o melhor do rock e do pop feito na altura em Portugal.”(nota de imprensa)

Alinhamento:
1. Rui Veloso – Chico Fininho
2. GNR – Efectivamente
3. Delfins – 1 Lugar Ao Sol
4. António Variações – Canção De Engate
5. Ban – Irreal Social
6. Diva – Amor Errante
7. Manuela Moura Guedes – Foram Cardos Foram Prosas
8. Sétima Legião – Por Quem Não Esqueci
9. Heróis Do Mar – O Inventor
10. Paulo Pedro Gonçalves – Rapazes De Lisboa
11. Grupo De Baile – Patchouly
12. Lena D’Água – Demagogia
13. Rádio Macau – O Anzol
14. Xutos & Pontapés – Remar Remar
15. UHF – Cavalos De Corrida

rockportugues

TAGS
RELATED POSTS
3 Comentrios
  1. RD

    24 Jul 2013

    De facto, não é fácil compreender a pertinência de uma edição como esta!

  2. rd1

    24 Jul 2013

    carimbo do 100% anos 80 – no texto falam dos nomes de 50 a 70 mas depois o que consideraram foram apenas os anos 80. Não era necessário ser tão específico na indicação desses nomes já que não são o motivo do disco.

    ordem – podiam ter colocado por ordem cronológica, talvez facilitasse a retirada dos Diva e a inclusão de outros. A retirada dos Diva é só por causa do carimbo.

    As editoras tem de aprender a dar rebuçadinhos (inéditos em cd ou telediscos por exemplo) e não se limitarem a dar mais do mesmo. Na FNAC o disco está a 5 EUROS mas por 23.90€ (e já cheguei a ver a preço de promoção) compra-se uma caixa com os outros 4 cds.

    Fica aqui um link para se saber o alinhamento da caixa dos 4 cds que curiosamente começou como Melhor do Rock 1980-1984, depois Melhor do Rock 1979-1985 e depois Melhor do Pop Rock 1980-1989 e Melhor Pop 1985-1990

    http://rateyourmusic.com/release/comp/various_artists_f2/o_melhor_do_pop_rock_portugues_1979___1990/

    Não estive a comparar se todos os temas desta nova compilação está na caixa desses 4 cds mas parece que sim.

    O facto da caixa ser uma junção de 4 cds separados impede que a caixa represente algo maior e que seria conseguido se fosse feito de raiz e com a possibilidade de ser um documento histórico com o que de melhor que se fez nessa altura.

  3. rd1

    24 Jul 2013

    Não seria mais interessante fazer uma caixa com 40 ou 50 temas e a um bom preço e que fosse representativa dessa fase mesmo e até para repetir canções de alguns nomes. É tudo EMI e as canções são todas de 80 [excepto o Amor errante-lá se vai o carimbo do 100% anos 80] e já apareceram todas nas colectâneas da EMI. Existe até uma caixa a baixo preço com 3 dessas colectâneas por isso não percebo. Fazia-se uma caixa de 3 discos em que um dos discos era dedicado à Fundação Atlãntica. Outro com temas do boom (1980-1982) e outro com temas posteriores. Licenciava-se alguns temas a outras editoras e toca a vender. Mas isso também é complicado…

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.