singles e eps

SINGLES & EP’S|”Split CD” – Insaniae & Mourning Lenore

Por em 17 Jun 2009
Comemorando o seu 3ª aniversário, o blogue DaemonivM, espaço de divulgação da cena musical underground nacional, iniciou o ano de 2009 com o lançamento de um split-CD que juntou na mesma rodela os Insaniae e os Mourning Lenore. O momento certo para os lisboetas Insaniae mostrarem algumas da suas últimas gravações e para os igualmente lisboetas Mourning Lenore, mostrarem os seus dois primeiros registos. Ultrapassado o aspecto comemorativo, este Split-CD é desde logo uma pequena e interessante amostra do universo doom nacional. Os Mourning Lenore a fazerem a sua estreia absoluta; os Insaniae a repetirem a experiência depois do bem recebido “Outros Temem Os Que Esperam Pelo Medo da Eternidade” (Edição de Autor, 2006).
Sobre os temas de Insaniae, o grupo de Isabel Cristina (voz), Diogo Messias (voz e guitarra), Luís Possante (guitarra), Raúl Costa (baixo) e Márcio Guerreiro (bateria), volta a apostar forte na utilização da poética portuguesa, ainda que pouco comum neste género. Uma aposta ganha. Quer nos momentos mais guturais, quer nos momentos mais cristalinos, os Insaniae cavam no meio um lugar muito próprio, especialmente pela exploração sempre difícil que fazem da língua portuguesa. Com temas de 11 e 12 minutos, o som dos Insaniae vive de uma densidade arrastada, lenta, só quebrada pela negritude da voz de Diogo Messias; pela luz da voz de Cristina Isabel. São dois temas  estruturalmente muito semelhantes, muito no seguimento do que já conhecíamos da banda. A aguardar novos desenvolvimentos.
Sobre os dois temas de Mourning Lenore, ambos de expressão anglo-saxónica, e com cada tema a não chegar aos 10 minutos, mantém-se algum arrasto, havendo um ganho superior em melodia, amparada pela voz mais áspera de João Galrito e por um trabalho de guitarras bastante cuidado. Sendo estes os primeiros temas gravados pelos Mourning Lenore, banda formada apenas em 2008, e não fugindo nunca do mesmo universo doom, estes diferenciam-se dos Insaniae, desde logo, pelo uso único da voz masculina. Sem a capacidade de diálogo permitida pelos Insaniae – carga dramática, a arte dos Mourning Lenore ganha essencialmente pela sua capacidade narrativa. Interessante estreia a de Mourning Lenore, grupo de João Galrito (voz & guitarra), João Arruda (guitarra), Joana Martins (baixo) e Emanuel Henriques (bateria).
O disco foi gravado, misturado e produzido por Fernando Matias (F.E.V.E.R.), nos Urban Insect Studios, em Lisboa.
ouvir ouvir

capa do split Insaniae & Mourning Lenore
“Split CD” – Insaniae & Mourning Lenore (DaemonivM, 2009)

01 O Covil – Insaniae
02 Tradição Ancestral – Insaniae
03 Rain’s Seduction – Mourning Lenore
04 Patterns of Emptiness – Mourning Lenore

género: punk-rock
sítio sítio

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.