concertos

CONCERTOS|Rita Redshoes e X-Wife na Ovibeja 2009

Por em 4 Mai 2009

Uma noite; dois bons concertos. Foi assim a noite de Sábado da 26ª edição da Ovibeja. Rita Redshoes e X-Wife ocuparam o cartaz.

Rita Redshoes
Segura e natural. Assim se apresentou a simpática figura de Rita Redshoes. Uma outra verdade diz respeito à pequena legião de fãs que em pouco tempo Rita Pereira foi ganhando à sua volta. Muitos deles, obviamente, estiveram anteontem na Ovibeja. Ainda outra verdade: feitas as contas, são já muitos os hits que Rita Redshoes sacou de “Golden Era”, o seu álbum de estreia. Anteontem,  “Dream on Girl”, “Hey Tom”, “The Beginning Song” e “Choose Love”, entre outros, fizeram as delícias da pequena multidão que esperou quase uma hora para ver e ouvir a rapariga dos sapatos vermelhos – lá estavam. Se se gosta do disco, ao vivo, Rita Redshoes não desilude em nada, muito pelo contrário. Com a vantagem de, em palco, e quando se liberta de um certo melodramatismo davidiano, ganhar uma força roqueira muito própria. Se tivesse de apostar numa destas ritas, apostava sem dúvida na segunda; mais sonora, mais pujante e criativa. Foi um excelente concerto, finalizado com um encore de três temas, começado com autoharpa na pisada de June Carter Cash e terminado com a repetição de “Choose Love”. De voz afinada, fica-me essencialmente a veia mais nervosa de Rita Redshoes. Bonito.

ouvir

X-Wife
Depois, foi sempre a acelerar; quanto mais alto melhor!
Em resumo, e começando pelo fim, foi mais um grande concerto, num espaço já despido de populaça mais pop, ainda que bem preenchido por um público atento e razoavelmente conhecedor. O concerto de anteontem serviu ainda para os X-Wife confirmarem que ao terceiro disco, não são já desconhecidos por terras de Mariana Alcoforado – já repetentes no evento. E a confirmação surgiu exactamente com o primeiro tema a ser conhecido do último álbum “Are You Ready For The Blackout”; “On The Radio” terá sido mesmo o tema mais saudado da noite. Depois desse, o também recente “Fireworks”, “Ping Pong” do segundo álbum, “Eno”, “Rockin’ Rio” e “Action Plan” do debutante álbum – talvez o segundo tema mais festejado, foram também bastante saudados, no meio da torrente eléctrica&electrónica que é o som dos X-Wife; em catadupa. Não menos segura que a anterior, a voz de João Vieira não arrefece, ficando claramente a ideia de uma banda em alta em cima do palco; uma banda com personalidade, já possuidora de um set absolutamente capaz de agitar a mais dormente das noites. Excelente momento.

ouvir

sítio

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.