Featured olhares

Parque e “The Earworm Versions”

Por em 24 Jun 2013

parque

bola_factor_verde_83 “The Earworm Versions”  (Shhpuma, 2013) é um eterno desafio à nossa imaginação. De natureza improvisada, Parque é um projecto do artista intermédia Ricardo Jacinto, e  “The Earworm Versions” é a expressão em disco de uma performance-instalação apresentada ao público pelo violoncelista em 2008, na Culturgest. Se para uns “The Earworm Versions” é um guião conhecido, um rumo, a imagem global – os que estiveram presentes naquele dia na Culturgest, para outros, “The Earworm Versions” é um enorme mistério – os que apenas  conhecem  disco. E não julguem que é de desprezar tal mistério. Não é.

Mas é um mistério que o artista partilha com Nuno Torres (saxofone alto), João Pinheiro (vibrafone e percussão), Dino Récio (percussão), Nuno Morão (melódica e percussão) e André Sier (electrónicas), peças importantes neste conjunto. São estes os responsáveis por um trabalho com tanto de arrojado como de complexo. A gestão dos tempos e dos silêncios é excelente e o resultado final ronda o perfeito. Paira no ar uma multiplicidade de imagens.

À dúvida e incerteza, sobressai a riqueza da descoberta para quem a cada passo desvenda um novo som e uma nova direcção, sempre calcorreando um caminho electroacústico. É verdade que para quem conhece apenas o disco nunca estará a ver o filme todo, este é um projecto complexo e multidimensional, onde o espaço tem efectivamente a sua importância; como a luz, a imagem, o vídeo e o som. Mas aqui impera a arte sonora, um enorme e apaixonante exercício experimental. Um exercício que pode também ser desfrutado em vídeo. E pequenos mistérios se desvendarão de imediato. {IMPROVISADA | EXPERIMENTAL | OUVIR}

[accordion title=”CLICA PARA VER FACTOR T DETALHADO” close=”1″]O que quer isto dizer?

10 Estética
08 Musicalidade (x2)
09 Interpretação
08 Produção
09 Coerência
08 Originalidade
08 Relevância
08 Intemporalidade
07 Factor WOW

[/accordion]

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Breves do Twitter
PUB
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.