Featured olhares

Shadowsphere e o regresso a “Darklands”

Por em 27 Fev 2015

Como um sonho renovado, como um pesadelo comemorado, é importante dar as boas vindas à segunda encarnação de “Darklands” (Sphere Music Media, 2014), o álbum de estreia dos Shadowsphere.

Editado inicialmente em 2004, com mais cinco temas do EP anterior de 2002, “Death and Dreaming”, o álbum de estreia dos Shadowsphere mereceu em 2014 as honras de uma regravação e respectiva reedição dos oito temas originalmente gravados para o disco – com produção de Wilson Silva (More Than a Thousand). Arriscado? Talvez não, a aposta parece claramente ganha.

Ainda que regravada, parece clara a intemporalidade da música da banda do Seixal. Parece clara a potência do thrash de Shadowsphere, a brutalidade perturbante do seu death melódico. Com vocalizações entre o convencional e o gutural, é também neste equilíbrio que a música dos Shadowsphere melhor se expressa. Brutal e renovada recordação.

Mais de 10 anos depois e vários discos pelo meio, continua a fazer sentido ouvir Shadowsphere; todo o sentido.

https://www.youtube.com/watch?v=3ggZoC69jh8

[rwp-review id=”0″]

 

 

 

 

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Artigos Recentes
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.