recordações

RECORDAÇÕES|”Alibi” – Manuela Moura Guedes

Por em 22 Jan 2008

Linda, bela, belíssima recordação…numa extraordinária reedição.
A estranho esquecimento foi este “Alibi” votado com o tempo – assim como muitos outros; na verdade, não foi só o tempo; na altura, o disco nunca teve a aceitação esmagadora que a afamada jornalista obteve com o single Foram Cardos, Foram Prosas” – também incluído nesta edição como bónus.
Se o disco é a beleza pop&new wave que é, saturada de arranjos com pormenores fantásticos – só por exemplo, ouça-se “Procuro um Álibi” ou mesmo “Cruela”, muito o deve aos seus grandes obreiros. Não se poderia escamotear a participação de uma certa trupe. À qualidade de “Alibi”, não é alheia o facto de ter sido este, na sua totalidade, escrito, produzido e tocado por Vítor Rua, Tóli César Machado e Rui Reininho – sim, a corporação quase completa. Excelentes arranjos para uma voz perfeita; “Um Óscar”, “Cocktail-Party”, “A Hora do Lobo”, “Procuro um Alibi” ou “Cruela”, são os melhores exemplos de um disco marcante. Depois, há ainda uma atenta poesia que o acompanha e o torna naquilo que é; uma referência ignorada – ou quase.
Em resumo, não se trata apenas de recuperar um disco que não teve a exposição que merecia; essencialmente, trata-se de expor uma das peças mais interessantes do rock feito em Portugal no início da década de 80. Fantástico.
Excelente reedição. Obrigado Do Tempo do Vinil.

iniciar #4 Cocktail-Party
som Manuela Moura Guedes; na Rádio Memória há mais…

capa de Alibi
“Alibi” – Manuela Moura Guedes (EMI-VC, 1982; Reed. VC/Som Livre, 2007)

01. Violetango
02. A Hora Do Lobo
03. Equinócio De Outono
04. Cocktail-Party
05. Prova Oral
06. Um Óscar
07. Fortuna É…
08. Procuro Um Alibi
09. O Homem Bala
10. Cruela
11. Flor Sonhada (Faixa Bónus)
12. Foram Cardos, Foram Prosas (Faixa Bónus)

tipo New Wave/Pop
sítio dotempodovinil.blogspot.com

TAGS
RELATED POSTS

DEIXE UM COMENTRIO

Rui Dinis
Portugal

Rui Dinis é um bi-pai 'alentejano' nascido em Lisboa no ano de 1970, dedicado desde Janeiro de 2004 à divulgação da música e dos músicos portugueses.

Disco da Semana
Os últimos…de há muito
Redes Sociais
Por decisão pessoal, o autor deste blogue não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.